mamma, relaxa che te fa bene

Uma das delícias absolutas da blogosfera é o tanto que a gente aprende. Escrevi sobre a alimentação do Enzo no post anterior e surgiram dicas muito bacanas nos comentários. Dicas que quero compartilhar e que me fizeram refletir e concluir e encontrar outras coisas, que também quero compartilhar. Então, esse é um post-adendo, pois.

A Mari, do Viciados em Colo, como sempre, certeira:

estes bebês são tão sábios… conhecem melhor o sistema deles do que nós conhecemos o nosso e sabem direitinho seguir os instintos. relaxe!

E ela ainda recomendou: 1-) Deixar o sal totalmente de lado; 2-) Oferecer novamente os alimentos recusados depois de um tempo; 3-) Abusar das ervas frescas, do alho e das cebolas (louca para experimentar as cebolas brancas, aliás); 4-) Ir engrossando, mês a mês, a consistência da papinha para Enzo treinar a musculatura do maxilar e evitar que o pequeno pare na fonoaudióloga (leia ).

A Adriana, do Fora do Casulo, passou pela mesma experiência que eu: filho que recusa alimentos ou come bem pouco, sabe como? E o que ela fez? 1-) Abriu mão da rigidez de horários e apostou no horário certo para ele, no horário dele; 2-) Abusou dos legumes mais adocicados, tipo mandioquinha, cenoura, abóbora; 3-) Teve paciência.

E também não fico insistindo, não acho que horário de comer deva ser horário de tortura.

Já a Nívea, do Que Seja Doce, vive a experiência oposta, que ela conta aqui (recomendo. E um dia vou ser tão organizada quanto ela). E se ofereceu para trocar receitas, o que eu super topo. Quem sabe assim não pago a promessa de compartilhar receitinhas que dão certo com Enzo?

Daí me dei conta de que essa pressão toda tem a ver com aquela famosa expressão mangia che te fa bene sabe? Porque a gente é criada pensando que quantidade é qualidade. Não é. Mas a gente foi tão treinadinha para achar que quanto mais, melhor, que fica difícil depois aliviar o coração na hora em que o bebê recusa meio potinho de almoço.

A lição que eu estou tirando dessa fase do Enzo é: vamos oferecer, vamos variar o cardápio, vamos ampliar a oferta inicialmente de frutas e legumes mais adequados ao paladar dos pequenos, mas vamos, sobretudo, respeitar a vontade deles, que expressa a necessidade alimentar deles. Se é para eles comerem bem, por que não ouvi-los?

Fato é que os nossos filhos sabem sim o que é melhor para eles. Um estudo recente, por exemplo, concluiu que bebês que se alimentam com as próprias mãos, escolhendo os alimentos, têm menos risco de sobrepeso e, no médio prazo, conseguem uma dieta mais equilibrada que aqueles cujas mães oferecem a alimentação na colherinha. Matérias sobre isso aqui e aqui.

Daí que minha vibe alimentícia da cria está numas de relaxa che te fa bene! E justo hoje o moçoilinho almoçou tudo, ainda comeu um monte de mamãe e, perto do soninho, encontrou espaço para mandar ver em 240 ml de leite! Como disse o Dri, será que ele colocou tudo isso nas bochechas?

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “mamma, relaxa che te fa bene

  1. hum… vc falou de bebês que escolhem com as mãos os próprios alimentos, daí lembrei de mais uma coisa, de um blog que li há uns dois anos: a mãe deixava legumes variados cozidos no tempero, al dente e cortadinhos espalhados pela casa. a menina encontrava e pimba! comia… ela mesmo regulava estes lanchinhos… nunca testei… e não sei se prejudicaria a refeição principal… talvez seja legal para a tarde que é mais longa, daí por de ser que a sopa seja desnecessária, né? para pensar…

    beijoca

    resposta lá no blog: arthur vai pra creche desde cinco meses, e no ano passado funcionava com rotina de escolinha… mas era outra instituição… este decidi por apenas um turno e na mesma escola de alice.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s